Informe-se

Aprovação da reforma tributária e crescimento da economia necessitam de pacto pelo desenvolvimento do Brasil

O presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ, João Marchesan, foi autor recentemente de um artigo opinativo para Jornal Diário do Aço, um dos mais importantes periódicos da Região Metropolitana do Vale do Aço.

 

Em seu artigo, Marchesan destaca que é necessário uma união real dos poderes legislativo, executivo e Judiciário para permitir que indústria gere empregos que diminuirão o número de desempregados no Brasil e permita o crescimento socioeconômico do país. Isso, porém, só será possível quando o sistema tributário atual se tornar mais simples para que a produtividade aumente, junto da possibilidade de inovação no Brasil.

 

No ranking mundial, o Brasil está em último lugar em tempo gasto por empresas para pagamentos de impostos, um reflexo do atual sistema tributário. Entretanto, não é somente esse sistema que precisa mudar para que o país avance. Segundo Marchesan, uma reforma administrativa geral é necessária para que as empresas possam produzir com menos custos e gerar desenvolvimento.

 

Alguns passos em direção a isso já foram dados, como a aprovação recente da reforma da Previdência e o lançamento do pacote de redução de gastos públicos. Apesar disso, ainda são necessárias diversas ações de desburocratização administrativa e simplificação do sistema tributário para que o país alcance a estabilidade jurídica e econômica tão almejadas.

Confira o texto na íntegra no site do Diário do Aço clicando aqui.

Voltar